Seu navegador está desatualizado!

Atualize o seu navegador para uma melhor visualização do site. Atualizar agora!

X

Voltar

Crédito imobiliário deve atingir R$ 100 bilhões em 2012.

O ano de 2012 terá a contratação de R$ 100 bilhões de crédito imobiliário no país, a maior marca já registrada no Brasil, informou o presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda, durante abertura o 84º Encontro Nacional da Indústria da Construção, nessa quarta-feira (27), no Palácio das Artes, em Belo Horizonte. “Há 10 anos, falávamos em R$ 2,6 bilhões. Em 2011, foram R$ 80 bilhões. Estamos crescendo como nunca”, comemorou o presidente da Caixa. Outra razão para o otimismo está nos números do PIB do setor, que vai crescer mais que o PIB nacional, conforme disse o vice-governador de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho, no início do Minascon 2012, que acontece paralelamente ao Enic, no Expominas.

De acordo com o Boletim Focus, do Banco Central, a expectativa do mercado é de que a economia encerre o ano com crescimento de 2,18%, enquanto entidades da construção civil projetam alta de 3,6% para o setor. Para o ministro da Fazenda, Guido Mantega, a expansão do PIB será de 2,5%. “O Brasil está perdendo dinamismo. A construção civil, estratégica para a economia, porém, sofrerá menos”, completou o ex-ministro Maílson da Nóbrega.

Para o superintendente do Sindicato das Indústrias de Produtos de Cimento do Estado de Minas Gerais (Siprocimg), Wilson Mendonça, a construção continua na esteira das altas nos anos anteriores, embalada pelas obras da Copa de 2014 e das Olimpíadas.

A abertura do Enic contou ainda com a presença do governador Antonio Anastasia, do prefeito Marcio Lacerda, da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, dos ministros da Cidade, Aguinaldo Ribeiro, e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Fernando Pimentel. Considerado o maior do setor no país, o evento segue nesta quinta e sexta feiras (28 e 29), com palestras técnicas e discussão de temas relacionados ao desenvolvimento urbano sustentável.

Mais de 2 mil empresários, profissionais e políticos devem participar do evento.
“Um olhar para os indicadores mostra como a construção é indutora do desenvolvimento e importante para o país. Neste ano, o setor foi responsável por 20% de todas as vagas geradas”, disse o ministro Aguinaldo Ribeiro. O desenvolvimento de projetos públicos, principalmente o “PAC” e o “Minha Casa, Minha Vida”, a sustentabilidade, o uso da tecnologia nas cidades, o panorama do mercado imobiliário e a modernização do processo construtivo serão os principais temas debatidos no encontro.

Fonte: Hoje em dia

Dicas e notícias
Veja mais
  • STJ decide que condomínios não podem proibir pets em casa

    RIO — O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu nesta terça-feira que os condomíni...

    TEMPO DE LEITURA: 1 MINUTO
  • Como tornar cozinhas compactas mais aconchegantes

    Por mais que você procure por cozinhas amplas no mercado imobiliário, vai perceber que e...

    TEMPO DE LEITURA: 2 MINUTOS
  • Ganhadores do Sorteio Mercado Chic

    Durante a edição de outubro do Mercado Chic, realizada no dia 06/10/18, os corretores...

    TEMPO DE LEITURA: 1 MINUTO